quinta-feira, 28 de julho de 2011

Quinta, Lua míngua em Câncer

Gente, não conhecia essa música, não! Olha o que DaniLu conta: "uma vibe totalmente Câncer... da casa, da rotina, das coisas meio Adélia Prado". E não é que é? Fofo!

Acordamos sob a Lua em Câncer - aquela que inspira as emoções, o sentimento de nutrição, aconchego. Em Câncer, a Lua está em casa: é nesse signo que a nossa grande mãe celeste expressa melhor suas qualidades. O atual ciclo, a Lunação de Câncer (que começou com uma Lua Nova neste signo, lembram?) vai chegando ao fim.

A Lua volta pra casa, e é isso que poderíamos fazer durante esses dois dias em que a Lua está no signo: voltar, desarrumar as malas, olhar o "álbum da viagem" desse último período de mais ou menos um mês, em busca de aprendizados, crescimentos, mudanças. Na madrugada do dia 30, a Lua parte em nova viagem - e nós com ela - pelo signos do zodíaco - será a Lua Nova em Leão.

A Lua em Câncer começa o dia tensionando Saturno (quadratura). Talvez o dia comece com um humor questionável (risos), ou ainda com uma percepção aguda do que há para ser feito, das responsabilidade: Saturno garante isso. Se a Lua em Câncer é a mãe, Saturno bem poderia ser o pai, um pai severo - no sentido de que ele põe os limites e convoca ao trabalho.

Endurecer, sem perder a ternura.

A Lua tensiona também Urano (quadratura) e Plutão (oposição) - esses dois, por sua vez, já estão em quadratura entre si. Plutão tem relação com o poder, em especial com o poder do submundo, as máfias, as ordens paralelas a isso que a gente convencionou chamar de certo. Urano rege as rupturas, mudanças, rebeldias. Ou, um outro jeito de falar a respeito: Novo líder da Al Qaeda exalta manifestantes sírios em seu primeiro vídeo.

Ao longo do dia, o que se fortalece é o contato (sextil) que a Lua faz com Júpiter em Touro. O resultado:  uma preguicinha de deixar a casa, esse templo canceriano. A "vontade de casa" típica de Câncer é potencializada e ganha forma como comida, bebida, conforto, seja para o outro que a gente ama, seja pra gente mesmo. O desafio vai ser equacionar isso com a responsabilidade saturnina que falamos ali em cima. Mas (como já brincou DaniLu uma vez no Twitter), se fosse fácil, chamava miojo, né? :-) Boa quinta, dia de Júpiter, para todos nós.

2 comentários:

Patricia Ramos disse...

Olá meninas!!! Apesar de não acreditar em astrologia, corro para ler a publicação e ouvir trilha sonora, não sei porque consegue acalmar meu dia!!!!Será coisa de libriana com ascendente em gemeos?? Beijos Parabéns!!!

Ana F. disse...

Oi, Patrícia
deve ser identificação: vc é libriana com ascendente em gêmeos; eu sou libriana; dani é geminiana... o que importa é que seu dia fica melhor!
:-)